“Miomas uterinos atingem uma grande parcela das mulheres, mas ainda há pouca informação sobre a doença” Afirma o médico especialista em ginecologia e obstetrícia, Dr. Alexandre Silva e Silva

Neste mês de julho, o mês de conscientização sobre miomas, o objetivo é difundir informações sobre a ocorrência de miomas, prevenção e tratamentos para a condição.

No Brasil, a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) estima que 80% das mulheres em idade reprodutiva têm miomas, o que reforça a importância da data para a conscientização sobre a doença.

O que são miomas uterinos?

Os miomas uterinos são tumores benignos (não são e nem viram câncer), que se desenvolvem no útero. Eles são compostos por um tecido que fica entre as fibras musculares uterinas chamada de matriz extra celular e podem variar em tamanho, número e localização. Muitas mulheres podem ter miomas sem apresentar sintomas, enquanto outras podem experimentar sangramento menstrual intenso, dor pélvica, aumento do volume abdominal, aumento da frequência urinária e dificuldade para engravidar.

O tratamento para miomas pode incluir medicamentos para controlar os sintomas, procedimentos minimamente invasivos para remover ou reduzir os miomas, ou cirurgia radical para remoção do útero em casos mais graves.

Mioma & Você: Conscientização que pode preservar o seu útero.

Em reforço ao mês de conscientização sobre miomas foi desenvolvido o projeto Mioma&Você, idealizado pelo Médico especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Dr. Alexandre Silva e Silva.

O projeto será constituído de eventos online e tem como objetivo fornecer informações confiáveis e atualizadas para mulheres que foram diagnosticadas com a doença para que elas entendam melhor a condição e possam tomar medidas para prevenir o avanço da doença e terem mais chances de passar por um tratamento conservador, preservando o órgão.

É muito frequente na minha prática clínica que as pacientes me procurem com o desejo de preservação uterina, mas muitas vezes pelo grande volume dos nódulos e por todas as alterações que eles causam no órgão, isso não se torna mais possível, porque por mais nódulos que possamos retirar, o útero que sobra fica tão alterado que não tem a capacidade de exercer a sua função que é gestar. Pensando nesse tipo de caso esse projeto foi criado, para que possamos trazer informações e conscientizar as mulheres sobre a importância da busca precoce por assistência especializada assim que tiverem o diagnóstico da doença ” Explica Dr. Alexandre sobre os casos de miomas uterinos que atende diariamente.

O projeto Mioma&Você já conta com mais de mil e quinhentas mulheres inscritas e realizará o seu primeiro evento no dia 15/07.

Sobre o Dr. Alexandre Silva e Silva
O Dr. Alexandre Silva e Silva, se formou em 1995 na Faculdade de Ciências Médicas de Santos em medicina. Sua especialização é em Cirurgia Minimamente Invasiva e Cirurgia Robótica. Além disso, possui certificação em cirurgia robótica em 2007 no Hospital Metodista de Houston. Certificação em cirurgia robótica single site em 2016 em Atlanta. É mestre em ciências pela Universidade de São Paulo em 2019 e foi pioneiro em cirurgia minimamente invasiva a partir do ano de 1998, dando aulas de vídeo cirurgia desde então. É referência em videolaparoscopia e cirurgia robótica.